Perda de Peso

20 janeiro 2014


  "O ganho de peso é resultado de : comer muito (principalmente lipídios, o álcool vai bem também), gastar pouco e queimar gordura de menos e, todos esses fatores são influenciados por estímulos socioeconômicos, culturais, ambientais e genéticos.
   Para perder peso, várias estratégias são utilizadas e um conjunto de ações ( prática de atividade física formal, aumento da atividade física informal e mudanças de hábitos alimentares) refletem nas mudanças corporais: menos peso, menos gordura e mais saúde.
   Atualmente, sabe-se que a Dieta contribui com 70% para o sucesso da perda de peso ou outros objetivos e, a atividade física, não menos importante e muito importando, contribui com 30%!
    O plano Alimentar de um paciente que cursa o destino da perda de peso, segue com as seguintes características: Hipocalórico (redução de calorias), Hiperproteico ( evitar maiores perdas de massa magra, já que uma parte da masa magra também é perdida durante o processo), Normoglicída ( Carboidratos em proporções normais, sempre complexos, ou seja, baixa Carga Glicêmica), Normolipídico (Gorduras em proporções normais). Outros auxílios poderão ser utilizados, de acordo com a individualidade de cada um.
     A atividade física deverá ser mesclada entre treinos Anaeróbios e Aeróbios. O grande erro, de muitos, é achar que para perder peso, o necessários a se fazer é somente atividade físcia Aeróbia. Pensamento Básico: quanto mais músculos nós temos em nosso corpos, maior é o nosso gasto energético e mais fácil será de manter o peso. A realidade: PERDER PESO NÃO É DIFÍCIL, O DIFÍCIL É MANTE-LO"



Por Nutricionista! Vitor Lula – Clínica Florescer – (62) 3204-4224

Um comentário:

  1. Amei essas informações, descobri muita coisa importante!

    Beijos,
    http://mundoda-rachel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir